Wellington Marques

Wellington Marques

(88) 9.9989.4965

A presidente Dilma Rousseff vai anunciar mudanças em seu ministério nesta sexta-feira (2), às 10h30. A declaração à imprensa foi confirmada pelo Palácio do Planalto.

Prometida no mês passado pelo governo, a reforma administrativa tem o objetivo de cortar dez dos 39 ministérios.

Seguindo conselhos de assessores, a própria presidente fará o anúncio. Desde a semana passada, ela tem conversado com lideranças de partidos da sua coalizão, em especial com o PMDB, com o intuito de receber e avaliar indicações para a nova equipe. Nos últimos dias, foram anunciadas as exonerações dos ministros da Saúde, Arthur Chioro, e da Educação, Renato Janine Ribeiro.

Lula e Temer
Na tarde de quinta-feira (1), a presidente Dilma conversou por mais de três horas, no Palácio da Alvorada, com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e lideranças petistas, na tentativa de fechar os detalhes das trocas que pretende fazer na equipe. Pela manhã, ela se reuniu, no Palácio do Planalto, com o vice-presidente da República, Michel Temer, que é presidente nacional do PMDB.

PMDB
Embora tenha avisado à presidente que não pretende indicar nomes do partido para a nova equipe ministerial, Temer tem se reunido com ela quase que diariamente desde se iniciaram as negociações sobre a reforma administrativa. Nessa quarta-feira (30), ele se encontrou rapidamente com o deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), cotado para assumir o ministério da Saúde no lugar do petista Arthur Chioro.

Com informações da EBC

‘’A volta de antigos companheiros, de lideranças políticas respeitadas em suas áreas de atuação e os encontros regionais no Interior contribuem para fortalecer o partido e nos deixam cada vez mais entusiasmados para as eleições de 2016’’. A declaração é do presidente da Executiva Regional do PSDB, Luiz Pontes, que, nesta quinta-feira, ao lado do senador Tasso Jereissati, comanda encontro, em Quixadá, para receber adesão de lideranças políticas de municípios do Sertão Central.

Uma das adesões ao ninho tucano é do médio José Nilson que volta ao PSDB e, em 2016, deverá ser lançado candidato a prefeito no colégio eleitoral que, durante 16 anos, esteve sob o comando do Partido dos Trabalhadores. Quixadá, segundo Luiz Pontes, é um dos municípios que terão candidatos a prefeito lançados pelo PSDB nas eleições do próximo ano. ‘’Posso assegurar que teremos candidatos em mais de 80 municípios’’, disse o ex-senador.

O cenário nacional, com o desgaste do ciclo de Governos do PT, as denúncias de corrupção na Petrobras e o desastre econômico do Governo Dilma, segundo Luiz Pontes, deixaram os brasileiros frustrados e desencantados. ‘’Ao longo dos últimos 20 anos, o PT criticou o PSDB, fez a oposição com ódio, chegou ao poder e, em três mandatos, conseguiu destruir a estabilidade econômica criada pelo presidente Fernando Henrique Cardoso. Os brasileiros estão dando um grito contra esse desastre do PT’’, expôs Luiz Pontes, ao dizer, ainda, que o PSDB tem proposta e projetos para um Brasil diferente do País administrado pelo PT.

O presidente regional do PSDB afirma que a insatisfação com os rumos políticos e econômicos do País está no semblante das pessoas e nas pesquisas de opinião pública. ‘’A pesquisa do Ibope, que mostra o Governo Dilma com uma rejeição de 69% dos brasileiros, é uma demonstração clara desse descontentamento da população. Tudo isso soma para o PSDB atrair novos e antigos militantes’’, disse Luiz Pontes, ao destacar que o PSDB vem recebendo lideranças de peso político e eleitoral em cidades das Regiões do Cariri, Norte, Jaguaribe e Centro Sul do Ceará.

O PDT ainda não confirmou a data, oficialmente, mas os aliados do ex-governador Cid Gomes já marcaram na agenda, para a próxima semana, o evento de filiação dos demais parlamentares do grupo liderado pelos Ferreira Gomes.

O deputado Leônidas Cristino e o secretário estadual Antônio Balhmann (Assuntos Internacionais) confirmaram filiação ao partido trabalhista na próxima sexta-feira, dia 9 de outubro, prevendo que outros parlamentares devam assinar a ficha de filiação na mesma ocasião. Resta, ainda, filiar-se ao PDT: deputados federais, estaduais e vereadores, além do ex-governador Cid Gomes.

Roberto Claudio
Na última segunda-feira (28), o prefeito Roberto Cláudio e outros 63 gestores municipais do interior do Estado, além de lideranças que pretendem se candidatar ao executivo na eleição do próximo ano, se filiaram ao PDT. Nos bastidores, a estratégia do grupo é realizar um “grande evento” em cada ato de filiação. A primeira liderança cearense a assinar a ficha de filiação foi o ex-ministro Ciro Gomes, no dia 16 de setembro, abrindo espaço para os demais aliados.

Eu acredito que todo aquele bloco que saiu do PSB para se filiar ao Pros, agora, devendo ser no próximo dia 9 de outubro, vai migrar para o PDT, que, forte como vai ficar, vai trazer insatisfeitos de outros partidos”, salientou, confirmando sua filiação ao PDT.

Crescimento
O deputado prevê ainda que o PDT, que agora tem a liderança do ex-ministro Ciro Gomes, vai atrair parlamentares de outros estados. O mesmo, segundo ele, vai acontecer com vereadores e prefeitos de outras cidades brasileiras.

Sobre a filiação de Roberto Claudio, Leônidas avaliou que a ida do prefeito para o PDT fortaleceu sua candidatura à reeleição do ano que vem, uma vez que, segundo ele, o partido possui “ideologia” e “capilaridade” para disputa eleitoral. “O Roberto tem a seu favor ainda a boa administração que está realizando em Fortaleza, com obras espalhadas por toda a cidade, melhorando grandemente o trânsito e outras áreas importantes, como saúde pública e educação”, disse.

Grupo
Antônio Balhmann também confirmou sua filiação na próxima semana, justificando que acompanha o movimento político dos ex-governadores Ciro e Cid Gomes. Falando sobre a disputa eleitoral do ano que vem, o deputado licenciado reconheceu que a situação de Roberto Cláudio melhorou com sua ida para o PDT, principalmente para enfrentar a concorrência.

Filiado ao PDT, à candidatura de reeleição do prefeito Roberto Cláudio fica mais viável e muito competitiva, porque a sua gestão é a melhor dos últimos cinquenta anos em matéria de crescimento da cidade e de ajuda à população fortalezense, principalmente a ala mais pobre”, disse, acrescentando que “vários itens” se destacam na administração municipal, dentre eles a mobilidade urbana da cidade.

Comemoração
Enquanto se prepara para receber a outra parte do grupo, o presidente regional do PDT, deputado André Figueiredo, ainda comemora a chegada do prefeito Roberto Cláudio, além do crescimento do partido no Estado do Ceará.

A filiação do prefeito Roberto Cláudio ao PDT consolida mais ainda a posição do partido no Ceará para disputar as eleições do próximo ano com mais vigor e determinação”, disse o pedetista, lembrando que a legenda já é, no atual momento, o partido com o maior número de prefeitos no Estado do Ceará. Figueiredo fez questão de ressaltar ainda a filiação do ex-ministro Ciro Gomes, que, segundo ele, nacionalmente, fortalece a sigla, principalmente para disputar a Presidência da República.

Ainda sobre a gestão de Roberto Cláudio, o parlamentar destacou as obras de mobilidade urbana, que, segundo ele, tem mudado a “cara de Fortaleza”. “A cidade vivia em eterno engarrafamento e, agora, já respira um pouco aliviada com um trânsito fluindo bem melhor”, disse, acrescentando que "Roberto Cláudio tem tudo para obter o reconhecimento da população e conseguir o segundo mandato”.

Com informações do OE

Em post em seu Facebook pessoal, o publicitário Jeferson Monteiro anunciou rompimento de seu apoio a presidente Dilma Rousseff por pacto e cessão de cargos e ministérios ao PMDB. Monteiro é o rosto por trás da personagem Dilma Bolada, que usava de humor para ressaltar os feitos da presidente.

No texto divulgado na tarde de quarta-feira (30), Monteiro critica a postura da presidente ao ceder às exigências do principal partido da base aliada por apoio em votações e para abafar os pedidos de impeachment no Congresso. Diz que Dilma não precisa de seu apoio, pois “já tem o do PMDB para que se mantenha no cargo”.

Escolha
(Dilma) Trocou o Governo pelo cargo. Não é o Governo que eu e mais de 54 milhões de brasileiros elegemos”, afirma o texto. “A vida é feita de escolhas e ela fez a dela.

Traição
Monteiro faz ainda referência à música “Vou Festejar”, de Beth Carvalho, e seu verso “Você pagou com traição a quem sempre lhe deu a mão”. “Agora o que nos resta é que saia algo bom para o Brasil”, diz. “Seguimos.”

Pepper
De acordo com informações da revista Época, Monteiro encabeçava a lista de pagamentos da Pepper, agência contratada pelo PT para propaganda online, recebendo pagamentos de R$ 20 mil mensais pela gestão da página. Não se sabe se esse contrato — ou sua quebra — que tenha motivado Monteiro a deixar de apoiar Dilma.

Com informações da Exame.com

Foram mais de 60 minutos de entrevista no programa Plantão Alerta, do radialista Clévis Oliveira, na rádio tupinambá. Os ouvintes puderam participar e vários questionamentos foram feito ao entrevistado. 

Questões como obras paradas na cidade, violência desenfreada, falta de atenção aos distritos e bairros da cidade, dentre outras perguntas. O radialista Clévis Oliveira também fez os seus questionamentos e nenhuma pergunta ficou sem resposta. 

Acompanhe abaixo algumas dessas perguntas e as respostas feitas pelo tucano Dr. Guimarães. 

Ouvinte: Dr. Guimarães, caso o senhor seja eleito prefeito de Sobral, como pretende governar a cidade, tendo em vista, os muitos problemas que a cidade hoje apresenta? 

Dr. Guimarães: A questão é priorizar o que é mais importante para as pessoas e não para pequenos grupos ligados ao grupo que governada a cidade há duas décadas. A cidade arrecada muito com impostos e serviços, e não pode vir com essa mentira, dizendo que não tem dinheiro para melhora a vida dos mais pobres. Não podemos engolir esta história de crise quando sabemos que o problema é má gestão. Se gasta muito com coisas que não chegam às comunidades carentes da cidade e nem nos distritos. 

Clévis Oliveira: Dr. Guimarães, o ex-governador Cid Gomes, numa entrevista à uma emissora de rádio da cidade, fez duras críticas ao senhor chamando o senhor de mentiroso e tentando desqualificar a sua pessoa. Como é que o senhor lida com isso? 

Dr. Guimarães: Com muita tranquila e respeito. O que tem que se deixar bem claro é que eu nunca fui prefeito de Sobral, nunca fui governador do Estado e nem Ministro de Educação do Brasil. Ele é que tem que dá satisfação das coisas que ele não fez ou não cumpriu, como a não conclusão de obras que estão aí perdidas, onde o dinheiro público foi jogado no lixo, a redução nos índices de violência e desemprego, que só aumentam em nossa cidade. Eu nunca menti para tentar eleger ninguém e nem a mim mesmo. Por isso, fico tranquilo. Vejo que, o que falta para ele, o deus sol, e seus subordinados, é humildade para reconhecer quando erra; coisa que ele não tem. 

Ouvinte: O senhor se sente traído por alguém e em especial a vereadora Fransquinha, tendo em vista que o senhor à ajudou sempre? 

Dr. Guimarães: Eu não guardo rancor de ninguém. Na política tem dessas coisas. Gosto da Fransquinha e prefiro entender que ela decidiu caminhar sem a minha presença com ela. Ela decidiu um novo rumo, e francamente, desejo sucesso para ela. Portanto, posso lhe afirmar que não me sinto traído por ninguém. 

Clévis Oliveira: Atualmente se fala em dois grupos de oposição em Sobral. O senhor concorda com isso? 

Dr. Guimarães: Clévis, uma coisa eu tenho que lhe dizer. Eu sou e sempre fui oposição aos que estão no poder aqui em Sobral. Desafio alguém provar que eu já tive algum tipo de negociação política com os Ferreira Gomes. Nenhum relacionamento, nenhuma conversa camarada, nada. Falo por mim. Eu sou a oposição aqui dentro da cidade. 

Ouvinte: Como é que o senhor vê os ataques contra sua pessoa por parte do Cid? 

Dr. Guimarães: Esse rapaz, que se acha o deus sol, ele acredita que tudo tem que está ligado e voltado para ele. Ele sempre quis ser o centro das atenções. Tenho pena de gente assim. Nunca reconhece suas falhas, e quando se sente ameaçado, parte para agressão. Eu não perco tempo me preocupando com esse tipo de gente.

Quarta, 30 Setembro 2015 11:52

GASOLINA: Mais um aumento para o consumidor

Com dificuldades de caixa e um nível elevado de endividamento, a Petrobras reajusta a partir desta quarta-feira (30) o preço da gasolina na refinaria em 6%. O preço do diesel subirá 4%. A alta na refinaria deve ser repassada ao consumidor, com impactos na inflação deste e do próximo ano. 

Com a disparada do dólar, os preços dos dois combustíveis no Brasil passaram a ficar mais baixos do que no mercado externo, mesmo num cenário de queda no preço do petróleo no mercado internacional. Segundo fontes, o reajuste era considerado essencial para a companhia no momento. 

“Os preços da gasolina e do diesel, sobre os quais incide o reajuste anunciado, não incluem os tributos federais Cide e PIS/Cofins e o tributo estadual ICMS”, informou o comunicado da estatal. 

Impacto
O último reajuste feito pela Petrobras foi anunciado em novembro de 2014, quando a gasolina subiu 3% e o diesel teve aumento de 5%. Naquela época, o impacto na bomba para o consumidor do Rio ficou em torno de 2% para a gasolina e de 3,5% para o diesel. 

Só sobe

O consumidor já havia arcado com um aumento de preços de combustíveis no início do ano, em razão do repasse do aumento de impostos decretado pelo governo federal no dia 19 de janeiro. Foram restabelecidos PIS/Cofins e a Cide para equilibrar as contas do governo. Esta última é uma contribuição criada para financiar investimentos no setor de transporte e tinha sido zerada em 2012 para evitar que o aumento no preço da gasolina chegasse ao consumidor. 

Em abril deste ano, o presidente da Petrobras, Aldemir Bendine, declarou em audiência na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado que não previa aumento de combustível, ao menos a curto prazo. Acrescentou ainda que, do ponto de vista do preço na bomba, o preço da gasolina no país era justo, “preço de mercado”. 

Previsão
O aumento nos preços da gasolina e do diesel deve pressionar ainda mais a inflação, que, de acordo com analistas ouvidos pela pesquisa Focus, do Banco Central, deve encerrar este ano com alta de 9,46%, bem acima do teto da meta fixada pelo governo, que é de 4,5% com margem de tolerância de dois pontos percentuais. A previsão do mercado para a inflação no próximo ano é de 5,87%. 

E mais

Neste ano, a gasolina já subiu 9,65% para o consumidor, segundo dados do IBGE. No início do mês, a Petrobras já havia reajustado o valor do botijão de 13 quilos de uso residencial em 15%. Na semana passada, a companhia aumentou os preços do gás para uso comercial e industrial em 11%. 

Com informações do O Globo

 

 

Financiamento empresarial de campanhas eleitorais é vetado por Dilma.

A presidente Dilma Rousseff sancionou com vetos a lei da minirreforma eleitoral. A nova legislação foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União, na noite de terça-feira (29). 

Dentre os vetos, está o inciso que permite a doação de empresas para campanhas eleitorais de candidatos, repassadas por meio de partidos políticos ou comitês financeiros das coligações.

Também foi vetado o dispositivo que determinava a impressão dos votos dos eleitores pela urna eletrônica. De acordo com mensagem presidencial encaminhada ao Congresso, com as razões do veto, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estimou em R$ 1,8 bilhão os custos com o registro impresso dos votos dos eleitores. Por conta desses “altos custos” da implementação da medida, o dois artigos sobre o tema foram vetados pela presidente. 

Dilma Rousseff decidiu vetar o financiamento empresarial de campanhas devido à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) do último dia 17 de setembro. Nas justificativas dos vetos, a presidente alega que ouviu o Ministério da Justiça e a Advocacia-Geral da União (AGU), segundo os quais esse tipo de contribuições financeiras confrontariam a “a igualdade política e os princípios republicano e democrático”. 

O projeto de lei 5735/2013 foi aprovado pela Câmara dos Deputados e pelo Senado no início do mês. Com a decisão de Dilma, os parlamentares devem se reunir em sessão solene do Congresso Nacional para analisar os vetos, podendo derrubá-los ou não. 

Com informações da EBC

 

Pastores Erich e Izeuda ao lado do líder Guimarães,
exibindo suas fichas de filiação

O casal foi acolhido pelo líder político e ex-deputado, Dr. Guimarães, do PSDB, na tarde de terça-feira. A filiação dos dois foi confirmada, e a pastora Izeuda Ribeiro se lançou como pré-candidata a vereadora de Sobral. Os novos filiados do PSDB tem uma vasta lista de serviços prestados à Sobral. O Pastor Erich e a Pastora Izeuda Ribeiro, cuidam de uma casa de recuperação de dependentes químicos com mais de cinquenta internos, e ainda realizam vários projetos sociais em diversos bairros da cidade.  

 

Dr. Guimarães disse conhecer bem o casal, e relatou que, com a filiação dos dois, o partido local ganha consideravelmente: “Tanto o Pastor Erich como a Pastor Izeuda já nos apoiam desde 2012, quando concorri á prefeitura de Sobral. De lá pra cá, a gente sempre manteve a amizade e a comunicação. Fiz questão de convidá-los para vir para o PSDB, porque sei o quanto eles podem continuar nos ajudando na construção do nosso projeto”, explicou Dr. Guimarães.     

 

O Pastor Erich disse que será um desafio ter agora o seu envolvimento direto no cenário político: “Na eleição passada a gente ajudou o Dr. Guimarães. No próximo ano, teremos o nosso projeto pessoal, e que nos levará a caminhar, mais uma vez, ao lado do nosso líder, Dr. Guimarães. Sabemos que será um grande desafio, mas estamos acostumados com desafios”, disse o Pastor Erich. 

 

Para a Pastora Izeuda Ribeiro, apesar de já trabalhar com pessoas carentes da cidade, há muito tempo, ela disse que tudo está sendo novidade. Ela afirma que a partir de agora vai empenhar, ao máximo, para poder representar bem a população, principalmente, a mais carente, aonde segundo a pastora, tanto vem sofrendo por falta de políticas públicas: “Não vejo, por parte do poder público, nenhuma ação real que esteja ajudando a população mais carente do Município. Coloco meu nome para ser avaliado pelos sobralenses na certeza de que, uma vez chegando lá, ao lado do Dr. Guimarães, poderei contribuir ainda mais por essas pessoas que, na grande maioria, são desprezadas pelos gestores de nossa cidade. Sei que poderei continuar fazendo ainda mais em favor dessa classe social. Vou unir a minha fé com o meu desejo de trabalhar ainda mais, com a convicção de que, juntos, seremos mais fortes”, falou a Pastora Izeuda Ribeiro.

  

 

 

 

Durante a sessão da última sexta-feira, dia 25 de setembro, na Câmara Municipal de Santa Quitéria, a vereadora da oposição Joana Figueiredo, do PSDB, em sua tribuna, solicitou a abertura de duas CPIs (Comissão Parlamentar de Inquérito), para investigar funcionários fantasmas na Prefeitura Municipal e a falsificação de assinaturas em documentos, como o caso da ex-secretária de saúde do município, Ângela Belchior.
 
Para a aprovação da abertura, seriam necessários 1/3 dos votos, o que equivaleria a 05 vereadores. No final, cinco vereadores votaram a favor da abertura da CPI. Foram eles: vereadora Joana, vereadora Sônia Paiva, vereador Zé Francisco, vereador Guedes Júnior e vereador Miúdo. Com a votação de cinco vereadores à favor da abertura da CPI, o que corresponde a mais de 1/3, ficou assim, aprovada a abertura da CPI.
 
A vereadora Joana Figueiredo disse ainda que acredita na força da Câmara Municipal, destacando ações recentes em que culminou no afastamento de uma vereadora: "Esta Casa deve assumir o seu papel de fiscalizar. Não podemos nos calar diante dessas suspeitas como a denúncia da ex-secretária de saúde do município, Ângela Belchior, apontada em questões de falsificação de assinaturas. Tem ainda denúncias de nepotismos e outras irregularidades. Temos, como vereadores, a obrigação de averiguar isso e qualquer outra irregularidade em nossa querida Santa Quitéria", explicou a vereadora Joana Figueiredo.
 
A vereadora lembrou ainda de outros processos que tramitaram na Casa, e que foram apresentadas por ela. Temas como transportes escolares, licitações irregulares, medicamentos, e que segundo a parlamentar, tramitam no Ministério Público.
 

Em nota divulgada em suas redes sociais, na segunda-feira (28), o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) considerou a reforma ministerial da Presidente Dilma como “mais um ato do triste espetáculo que seu governo oferece”.

Ele destaca a “tentativa desesperada” da Presidente em buscar o apoio de seus aliados, a despeito dos anseios da população.

“Trata-se de atender a dois claros objetivos: passar a ilusão de que está ‘cortando na própria carne’ e buscar o apoio de antigos aliados, insatisfeitos com o pouco poder que lhes foi dado até hoje. Acontece que a prateleira de cargos e vantagens está cada vez mais vazia e a demora nas decisões revela a dificuldade da Presidente em acomodar mais gente em menos espaço. Cria-se um ciclo vicioso. O preço cobrado por esses ‘aliados’ tende a aumentar a cada dia, pois o custo político de apoiar um governo impopular, como esse, vai exigir cada vez mais compensações”, disparou Tasso.

Prioridade
Para o Senador, o governo deveria dar prioridade aos verdadeiros problemas da sociedade e não incentivar um círculo vicioso, já que o custo político de apoiar um governo “impopular e despreparado” vai exigir cada vez mais compensações. “Reforma tem que ser feita em benefício dos brasileiros, não do governo ou de seus aliados”, diz Tasso

Interesses
“Sem o menor constrangimento ou pudor nas negociações, ela (a Presidente) busca apenas acomodar os interesses. ‘Reajustar os preços’ a serem pagos em troca do apoio. E quem seriam essas pessoas, os novos ministros? Que experiências têm no setor que comandarão e quais suas propostas para o futuro? E se os atuais não serviam, porque estavam lá? A falta de respostas para perguntas como essas revela o total despreparo e desespero da Presidente Dilma Rousseff, frente à crise política. Desse jeito, é difícil acreditar que a mudança de nomes ou partidos no comando deste ou daquele ministério vai fazer alguma diferença”, conclui o tucano.

Publicidades

Usuários online

Temos 1493 visitantes e Nenhum membro online

Nossos vídeos