Wellington Marques

Wellington Marques

(88) 9.9989.4965

Terça, 12 Dezembro 2017 12:34

Domingos Filho admite disputar o Senado

Conselheiro em situação de disponibilidade do extinto Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Domingos Filho admitiu ontem que pode disputar eleição em 2018 pelo PSD, sigla comandada hoje por seu filho, o deputado federal Domingos Neto.

Domingos afirma que, nas últimas semanas, tem conversado com líderes da oposição e colocado seu nome à disposição. “Devo disputar eleição majoritária, de preferência cargo do Senado”.

Desde a consolidação da extinção do TCM, no final de outubro, o conselheiro tem consultado advogados para avaliar alguma possível restrição legal a uma candidatura sua. Ele destaca, no entanto, decisões do Supremo Tribunal Federal que o “liberariam” para tentar vaga.

“O Tribunal de Contas do Estado já negou ao conselheiro do TCM Manoel Veras o direito de ser aproveitado e deu posse, como novo indicado, a Ernesto Sabóia. A partir daí, fica claro que não tenho qualquer perspectiva de ser aproveitado. E os impedimentos só se dão para quem pode ser aproveitado ou está em disponibilidade como punição, o que não é o meu caso”, explica Domingos.

Ele destaca que já pediu à Ordem dos Advogados do Brasil por seu registro para atuação profissional de advogado. “Pelo princípio da dignidade humana, eu não posso ficar impedido de exercer meus direitos fundamentais, e um desses direitos é o de representar pessoas, disputar eleições”.

(O POVO – Repórter Carlos Mazza)

Entre segunda-feira e quarta-feira da semana passada, de 4 a 6 de dezembro, o PMDB nacional encomendou pesquisa telefônica sobre o Ceará ao Instituto de Pesquisas e Estratégias (IPE), de Brasília.

Como toda pesquisa contratada por partidos políticos, os números precisam ser observados com cautela extra. A 10 meses da eleição, o cenário ainda pode mudar tremendamente. A metodologia de pesquisa telefônica é outro fator a ser considerado e demandar cuidado. Porém, mais até que as intenções de voto, a pesquisa serve para entender como as estratégias peemedebistas se movem.

A disputa pelo Senado

Para o Senado, meta de Eunício para a eleição do ano que vem, Cid Gomes (PDT) lidera, seguido de Eunício. Ano que vem serão duas vagas em disputa e os dois aparecem com pelo menos o triplo das intenções de voto de todos os demais postulantes, tanto para a primeira quanto para a segunda vaga. Além de ambos, as simulações colocam como opções José Pimentel (PT), André Figueiredo (PDT) e Roberto Pessoa (PR).

*Primeira opção de voto

Cid Gomes – 30%

Eunício – 24%

Pimentel – 7%

André Figueiredo – 5%

Roberto Pessoa – 3%

Branco/nulo – 22%

Não sabe ou não respondeu – 8%

Segunda opção de voto Eunício – 25% Cid Gomes – 19% André Figueiredo – 6% Pimentel – 6% Roberto Pessoa – 4% Branco/nulo – 29% Não sabe ou não respondeu – 12% Isso de forma alguma significa que a eleição esteja definida. Em 2010, Tasso tinha mais que o dobro das intenções de voto de Eunício e Pimentel e acabou atrás de ambos. Porém, a se considerar que a pesquisa tenha captado o sentimento real do eleitor, na largada, os demais candidatos teriam grande desvantagem para tirar em relação a Cid e Eunício.

Blog do Eliomar

Cerca de 60 mil famílias cearenses em situação de extrema pobreza serão beneficiadas com auxílio mensal de R$ 85 do Governo do Ceará através do Cartão Mais Infância. A ação do Programa Mais Infância Ceará foi lançada pelo governador Camilo Santana e pela primeira-dama Onélia Santana, na manhã desta segunda-feira (11), em cerimônia realizada no Centro de Eventos do Ceará.

A transferência de renda ocorrerá para núcleos familiares cearenses com crianças de 0 a 5 anos e 11 meses que se enquadrem na situação de alta vulnerabilidade social: residentes de zona rural, em propriedades sem banheiro ou sanitário, de estrutura inapropriada (taipa, palha, madeira aproveitada ou outro material), além de residências urbanas sem água canalizada em pelo menos um cômodo.

Em seu discurso no evento, Camilo Santana revelou que cerca de 50 mil famílias do Estado já receberão o Cartão Mais Infância ainda neste mês de dezembro. Até julho de 2018, cerca de 60 mil famílias cearenses em situação de extrema pobreza serão beneficiadas.

O governador comemorou mais uma ação do Mais Infância e reforçou o foco da gestão estadual em oferecer mais qualidade de vida e oportunidades para cidadãos cearenses que enfrentam a pobreza no Ceará.

“O Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), juntamente com o Ministério da Ação Social, fez um estudo identificando as famílias que têm crianças de zero a seis anos que vivem em extrema pobreza. Inicialmente, todas as famílias registradas passam a receber este mês. A partir daí, todo um trabalho de acompanhamento para identificar novas famílias para também receber esse auxílio. Estamos aqui pensando nas novas gerações, para que elas não sofram com os mesmos erros das antigas, e tenham mais oportunidades no futuro”, afirmou.

Idealizadora do Mais Infância, a primeira-dama Onélia Santana complementou que a expansão do alcance do benefício ocorrerá por meio de busca ativa (ação de localização de pessoas em situação de vulnerabilidade).

Blog do Roberto Moreira

O Governo do Ceará lança nesta terça-feira (12), às 19h, no Palácio da Abolição, a Sala de Imprensa Todos pela Água e o livro “Caminho das Águas – Histórias de Convivência com a Seca no Ceará”.

A sala é um canal virtual de comunicação direta com a imprensa, que reúne conteúdo relativo às ações de segurança hídrica e convivência com a seca no Estado. Nela, o mercado da comunicação poderá ter acesso diário a dados e informações relativas às políticas públicas de recursos hídricos no Ceará, além de matérias jornalísticas e reportagens especiais, imagens, áudios com sonoras, vídeos, apresentações e documentos para download. Para baixar o conteúdo, é necessário realizar um cadastro disponível no próprio site, no endereço eletrônico que será divulgado no lançamento.

Já o livro Caminho das Águas apresenta uma narrativa sobre a relação épica do cearense com o clima semiárido, e o fortalecimento da política estadual de recursos hídricos. Ele percorre a Capital e municípios do interior do Ceará com o objetivo de aproximar os cearenses desse caminho em que a água percorre mais de 200 quilômetros até chegar nas nossas casas. Além disso, o livro passeia pela inventividade de um povo que aposta na tecnologia, mas também na criatividade para lidar com uma das secas mais longas dos últimos cem anos.

Blog do Roberto Moreira

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, disse nesta segunda-feira, 11, que atos antecipados de campanha de Luiz Inácio Lula da Silva e Jair Bolsonaro poderão levar à condenação por abuso de poder econômico e à cassação de uma eventual diplomação caso sejam financiados de maneira irregular. Na semana passada, Gilmar foi voto vencido em decisões que rejeitaram processos contra os dois pré-candidatos sob a acusação de antecipação da campanha eleitoral. Segundo ele, o tribunal voltará a discutir o assunto em fevereiro e poderá adotar uma posição mais “enfática”. 

Em sua avaliação, a pergunta que deve ser respondida é não apenas se há campanha antecipada, mas quem a está financiando. “Há estruturas aí que já passam – jatinhos, deslocamentos de caravanas, ônibus, reunião organizada de pessoas e tudo mais. Tudo isso precisa ser avaliado. Acho que esse vai ser o tema do tribunal já em fevereiro”, afirmou o ministro em Washington, onde participou de assinatura de convênio que prevê o envio de observadores da Organização dos Estados Americanos (OEA) para acompanhar as eleições presidenciais do próximo ano.

Gilmar disse que os ministros terão de traçar uma “linha”, além da qual atividades de candidatos antes do início oficial da campanha serão consideradas irregulares. Para ele, esse limite já foi ultrapassado por Lula e Bolsonaro. “Quem está financiando? Isso pode levar ao reconhecimento de abuso de poder econômico, que pode levar à própria cassação do diploma. É preciso ter muito cuidado com isso”, afirmou. LEIA MAIS notícias sobre Jair Bolsonaro LEIA MAIS notícias sobre Lula. 

O modelo teria se disseminado depois da mudança na legislação eleitoral que proibiu doações de pessoas jurídicas. “Nós temos preocupação hoje, inclusive por conta desse novo modelo, com o crime

organizado, com a participação nas próprias eleições, porque essa gente já dispõe de recursos”, disse o ministro. “Eu acompanhei as eleições do Rio de Janeiro, onde vocês sabem nós temos uma situação muito peculiar, com milícia, tráfico e tudo mais.”

Procurada, a assessoria de Lula respondeu que “a ação foi a respeito de um vídeo que não foi feito nem pelo ex-presidente, nem por ninguém da equipe dele”. Disse, ainda, que o vídeo “surgiu na internet e isso está atestado no voto do relator do caso (ministro Admar Gonzaga)” e que, por isso, “o ex-presidente não pode ser responsabilizado. Essa foi a decisão do TSE.”. 

Gilmar avaliou que o Supremo Tribunal Federal (STF) adotará uma decisão “esquizofrênica” se decidir que Assembleias Legislativas não têm poder para impedir a prisão de deputados estaduais. A votação foi suspensa na semana passada quando o placar estava em 5 a 4 contra a prerrogativa das Assembleias Estaduais. A discussão no plenário do tribunal deverá ser retomada nesta semana.

Crédito do Estadão

Capaz de conquistar 1,3 milhão de votos em São Paulo, o deputado federal Tiririca (PR) foi eleito colocando-se como uma resposta do eleitorado ao fim dos privilégios das autoridades, dos desvios de dinheiro público e das dinastias políticas. Enquanto candidato, argumentou que estava cansado de ouvir falar dos assaltos aos cofres públicos e da impunidade. Ele queria mudança.

Tiririca nunca tinha usado a tribuna do plenário para discursar. Até a semana passada, quando resolveu anunciar o desligamento da política e criticar os colegas que havia prometido combater. “Cansado dos abusos cometidos nesta Casa”, ele disse que desistiu da política. Falou como se nunca tivesse bebido a água dos privilegiados.

Não citou as vezes que comprou bilhetes aéreos para seus compromissos como palhaço — e não como parlamentar, nem apresentou qualquer justificativa para a exagerada quantidade de vezes que sua equipe, viajou nos últimos anos, com valores reembolsados pela Câmara. Viagens dos assessores coincidem com as datas dos shows do humorista para os locais onde ele estava se apresentando. O deputado e seus assessores não quiseram comentar a matéria.

Com informações do Correio Braziliense

Numa demonstração de forças, o “Movimento Direita Ceará” reuniu no sábado (09), na sede da Câmara de Dirigentes Legistas (CDL) de Santa Quitéria, para discutir patriotismo e valores morais em pleno apoio aos ideais defendido pelo presidenciável Jair Bolsonaro (PSC). 
 
O grande destaque foi à adesão dos vereadores sobralense Sargento Ailton (PR), e Vereador Zezão (PMDB), ao movimento vanguardista de extrema-direita política que ganha espaços na Região Noroeste do Estado e ocupa posições estratégicas na juventude e na categoria dos militares.Confira no vídeo (AQUI
 
No encontro, o líder do Movimento no Ceará, Heitor Freire, comemorou as novas e muitas adesões dos cearenses ao conservadorismo de extrema-direita, que deverá culminar na eleição do deputado federal Jair Bolsonaro, rumo ao Palácio do Alvorada em 2018. “Estamos defendendo as famílias, os costumes, somos contra o aborto, contra a erotização das crianças e pela segurança”. Destacou. 
 
O Movimento direitista assumiu o discurso moralizante “antiesquerdismo” e conta com o apoio de grupos evangélicos, militares e de estudantes da classe média, para defender o candidato da direita, Jair Bolsonaro, nas eleições.
 
Blog do Célio Brito

O Hemoce de Sobral foi agraciado na terça-feira, 5, com a Premiação "Ouro pela Excelência" em Gestão dentre todos os Hemocentros Regionais do Estado. Durante a solenidade, realizada em Fortaleza, o gestor da unidade sobralense Régis Araújo ferreira Gomes, representou o corpo funcional da instituição.

“Essa premiação foi um resultado do trabalho que vem sendo desenvolvido a alguns anos por todos que fazem essa instituição. Quando se tem uma equipe comprometida, desenvolvendo um trabalho com amor o resultado não poderia ser diferente. Gostaria imensamente de parabenizar o Dr. José Gerardo, por ter conduzido com tanta competência e carinho todos os processos que levaram a esta premiação”, destacou Régis ao agradecer o reconhecimento.

Blog Wilson Gomes

A exitosa política educacional de Sobral será tema do programa Participação Popular desta segunda-feira (11/12). A partir das 12h, o programa será transmitido pela TV Câmara, através do canal da Câmara dos Deputados no YouTube e no portal Câmara Notícias (http://tv.camara.leg.br).

Com o tema “Educação que dá certo”, o programa abordará as mudanças pelas quais tem passado a educação de Sobral que a tronaram a melhor rede de educação do Brasil, com Ideb 8,8. O programa contará com a participação do deputado Leônidas Cristino, do secretário de Educação de Sobral, Herbert Lima, e da diretora da Escola José da Matta, Mílvia Carvalho, além de pais, alunos e comunidade escolar.

- Para assistir na página da TV na Internet, clique aqui 

- Para sintonizar no YouTube, clique aqui  

Blog de Sobral

O município de Sobral registrou, em novembro, a menor Taxa de Mortalidade Infantil (7,48) de sua série histórica. O número é 18,25% menor que o registrado em 2016. A Taxa de Mortalidade Infantil é um importante indicador de desenvolvimento socioeconômico de uma população, sendo reflexo direto da implementação de políticas públicas comprometidas com o bem-estar de gestantes e crianças. A taxa corresponde  à razão entre o número de óbitos de crianças até  um ano e o número de nascidos vivos. 

Nas duas últimas décadas, Sobral vem consolidando números decrescentes, situando a cidade em lugar de destaque frente aos registros do Estado e do País. Em 2016, a taxa de mortalidade infantil no Brasil foi de 14,44, no Ceará de 14,63, e em Sobral de 9,15. Em 1996, a cidade apresentava uma taxa de 54,67, o que representa uma redução  nos óbitos infantis de 86% em duas décadas, uma queda duas vezes maior do que a obtida pelo Brasil.

Dentre as ações implementadas, a Política Pública Municipal Trevo de Quatro Folhas, iniciada em 2001, tem se destacado como uma estratégia efetiva para redução da mortalidade materno-infantil. No âmbito desta Política, o Projeto Coala atende a recém-nascidos prematuros em casa, realizando monitoramento constante do peso e de sinais de risco, enquanto o Projeto Mães Sociais e  o Apoio Alimentar dão assistência às gestantes e crianças em  situação de vulnerabilidade social.

A Estratégia Saúde da Família, com 100% de cobertura em  Sobral, assegura  a assistência pré-natal das gestantes  e o acompanhamento do crescimento e do desenvolvimento infantil, ordenando a Rede de Atenção Materno-Infantil. Por outro lado, na Atenção Especializada, a ampliação das UTIs Neonatais aumentou o número  de leitos para internação e tem contribuído para estes bons resultados.

Blog de Sobral

Página 1 de 302

Publicidades

Usuários online

Temos 1109 visitantes e Nenhum membro online

Nossos vídeos