Wellington Marques

Wellington Marques

(88) 9.9989.4965

O número de mortes causadas pelo vírus H1N1 aumentou no Ceará neste ano. A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) divulgou o boletim semanal com os quantitativos que revelou 32 mortes por H1N1. Em comparação com a série histórica, o ano de 2018 tem a maior proporção de casos confirmados de Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAG) com 237 casos, sendo 185 só de H1N1.

Das mortes mortes confirmadas, além das 32 causadas pela influenza H1N1, houve também uma morte pelo subtipo H3N2, duas por influenza A e quatro por influenza B, totalizando 39 óbitos no Estado causado pelas chamadas SRAG.

Segundo o levantamento, Capital e Região Metropolitana têm a maior incidência de casos, logo atrás vem o Sertão Central, Região Norte e Litoral Leste.

Até a quinta-feira, 17, foram confirmados 185 casos de H1N1. 41,6% dos municípios cearenses já confirmaram ao menos um caso de influenza neste ano. O índice de letalidade da doença chega a 16,5%.

Dentre os mortos confirmados pelas SRAG, 82,1% apresentavam um ou mais fatores de risco.

Neste fim de semana dois postos de vacinação estarão abertos em regime de plantão para imunizar a população de risco. O Posto de Saúde Paulo Marcelo (rua Vinte e Cinco de Março, 607 – Centro) e o Posto de Saúde de Messejana (rua Coronel Guilherme Alencar, s/n – Messejana) funcionam das 8 horas às 16h30min.

Ceará Agora

O prefeito Ivo Gomes recebeu, durante solenidade realizada na manhã deste sábado (19/05), na Praça Coluna da Hora, o governador Camilo Santana e o presidente do Senado, Eunício Oliveira, para assinatura de ordens de serviço e inaugurações no município, referentes à saneamento ambiental, abastecimento de água, esporte e lazer, iluminação pública, mobilidade urbana e segurança. Um investimento superior a R$ 67 milhões que beneficiará toda população de Sobral.

As ordens de serviço se referem à ampliação da rede de esgoto dos bairros Padre Ibiapina, Domingos Olímpio e Cohab III (investimento de R$ 18.374.820,75), que beneficiará mais de 15.000 pessoas; saneamento e construção de 400 banheiros no distrito de Taperuaba, que receberá um investimento de R$ 9.950.208,87, favorecendo cerca de 6.560 pessoas; construção da Estação de Tratamento de Água (ETA) Sumaré 5, que garantirá mais 20 anos de água tratada para todos os sobralenses, com investimento de R$ 11.716.482,88; drenagem das ruas do entorno da Capela Mãe Rainha, no Bairro Padre Ibiapina, que irá beneficiar mais de 1.966 pessoas, no valor de R$ 1.296.107,41; construção do Centro de Iniciação ao Esporte (CIE), no Bairro Dom José, com uma areninha, investimento na ordem de R$ 2.788.477,53; e a troca da iluminação pública (lâmpadas amarelas por lâmpadas de LED) dos bairros Dom José, Dom José II, Padre Palhano, Sumaré, Tamarindo e Santa Casa, no valor de R$ 1.749.463,54.

Durante a solenidade, Ivo Gomes destacou a importância da realização de um evento público para mostrar à população os investimentos realizados no município. "Sobral, hoje, é uma cidade muito grande, antigamente, se fazia obra em Sobral e todo mundo tomava conhecimento, porque todo mundo, em determinado momento, passava em frente a obra e via. Hoje, a cidade é uma cidade imensa e contém muitas obras que provavelmente poucas pessoas da cidade nunca vão ver, porque são nos bairros distantes”, disse.

O prefeito frisou ainda a construção da Estação de Tratamento de Água (ETA) Sumaré 5, que tem como objetivo atender integralmente todos os bairros da cidade, principalmente aqueles que se encontram mais distantes do sistema de abastecimento. "Essa obra que vai começar aqui, ninguém vai ver, ela é escondida lá no Sumaré, alí por trás do campo de futebol. Nós estamos começando uma estação de tratamento de água, de 10 milhões de reais, que vai, junto com a ampliação da estação de tratamento de água do Dom Expedito, garantir a produção de água tratada por mais vinte anos na cidade de Sobral e garantir que esses bairros aos quais eu me referi agora [Parque Silvana, Residencial Nova Caiçara, Recanto I e II, Residencial Meruoca, Renato Parente, Alto da Brasília, Paraíso das Flores] não mais sofram com a irregularidade no abastecimento".

Eunício Oliveira, primeiro presidente do Congresso Nacional a visitar Sobral, agradeceu a oportunidade de participar do momento. “Quero dizer a vocês que é muito bom poder vir aqui, meu caro Ivo, e reafirmar o nosso compromisso com o Estado do Ceará”, disse o senador.

O governador Camilo Santana aproveitou o momento para reafirmar o compromisso com o povo e reforçar a importância de se trabalhar em união, a favor do povo. "Eu procurei o senador Eunício no ano passado, ele que ocupa um dos mais importantes cargos desse país. Um cearense, é a primeira vez que um presidente do Congresso Nacional vem à Sobral. Portanto, eu o procurei e pedi apoio ao senador para o nosso querido Estado do Ceará, e encontrei o senador Eunício com as portas abertas para ajudar. Quero aqui, publicamente, meu caro Eunício, agradecer todo o apoio que você tem dado na liberação dos recursos para ajudar o povo”, disse Camilo.

Após a solenidade, Ivo, Camilo e Eunício participaram da inauguração das novas instalações da unidade da Defensoria Pública da União em Sobral, além de comemorar, junto com os servidores presentes, o dia do defensor público (19 de maio). As autoridades ainda visitaram a Central de Tratamento de Resíduos, resultado de um consórcio público, que receberá resíduos sólidos de 17 municípios vizinhos; o espaço onde está sendo construída uma Areninha, no Alto Brasília; e as obras do Parque Pajeú. Na ocasião, inauguraram ainda, oficialmente, a Avenida Ermírio de Morais e o primeiro trecho da avenida Perimetral, que liga a BR-222 à CE-440 (Sobral-Meruoca).

O evento contou ainda com a presença dos deputados Leônidas Cristino, Ferreira Aragão, Tim Gomes, Odorico Monteiro e Jeová Mota; do secretário adjunto da Casa Civil, Quintino Vieira; do secretário estadual de infraestrutura, Lúcio Gomes; do secretário de assuntos internacionais, Hélio Parente; e demais autoridades. Além de vereadores e secretários municipais.

O fazendário de carreira e ex-secretário de Educação do Ceará, Idilvan Alencar, pré-candidato a deputado federal, é nome forte entre o eleitorado dos profissionais da educação e para se aproximar do eleitorado na Região Metropolitana de Sobral, fechou nova “dobradinha” com a também pré-candidata ao legislativo estadual Lia Gomes (PDT), um dos nomes da família Ferreira Gomes que pretende participar da fatia do eleitorado de Idilvan na educação. 
 
O anúncio foi publicado na ultima sexta-feira (18), no Blog do Eliomar, onde Lia Gomes aparece satisfeita com o novo desafio do ex-secretário que pode ser eleito pelos professores. 
 
Filho do Crato, Idilvan goza de uma relação muito próxima com Sobral, uma vez que foi Coordenador Regional da Secretaria da Fazenda em Sobral (Sefaz) nos anos de 1999 e 2000. Ainda em 2007, o mesmo foi chamado para assumir a Secretaria Executiva da Educação, quando Izolda Cela era a titular da Pasta. 
 
O postulante Idilvan Alencar tem trânsito livre para manter uma agenda de negociações na capital e no interior, para isso vem participando de várias reuniões com lideranças para fechar novas “dobradinhas”, cujas negociações estão a todo vapor.
 
Blog Célio Brito

A Secretaria da Educação de Sobral promoverá, dia 19 de junho, no Espaço de Referência do Brincar/Brinquedoteca do Didi, o VIII Festival Municipal do Programa de Educação Contra a Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Peteca). As inscrições para o festival serão realizadas de 21 de maio a 08 de junho, através do email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.e/ou presencialmente na Brinquedoteca Municipal.

As escolas municipais poderão inscrever trabalhos nas modalidades Conto, Desenho e Poesia, nos níveis I (4º e 5º anos), II (6º e 7º anos) e III (8º e 9º anos). O melhor trabalho de cada modalidade representará o município na etapa estadual do “Prêmio Peteca”. Desde a criação do prêmio, em 2008, Sobral tem conquistado destaque sendo vencedor ou finalista em várias categorias.

O Peteca é um programa desenvolvido pelo Ministério Público do Trabalho no Ceará, em parceria com as Secretarias Estadual e Municipal da Educação, com o objetivo de promover ações de conscientização e sensibilização da comunidade escolar e da sociedade em geral sobre os direitos da criança e do adolescente, com foco na erradicação do trabalho infantil e na proteção ao trabalhador adolescente.

Leia o regulamento do prêmio AQUI

A Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria da Cultura, Juventude, Esporte e Lazer (Secjel), em parceria com o Festival de Animes e Mangás de Sobral (FAMS), promove neste sábado (26/05), a partir das 09 horas, no Colégio Sobralense de Tempo Integral Maria Dias Ibiapina, o Dia do Orgulho Nerd.

A programação, inteiramente voltada para o público nerd, será composta por palestras, oficinas, maratonas de séries, games diversos, apresentações culturais e show musical. O objetivo é dar visibilidade e promover a Cultura Geek, incentivando sua cadeia produtiva.

Morando em Brasília desde maio de 2017, o ex-ministro José Dirceu deve se entregar até as 17h de hoje (18) na sede da Polícia Federal (PF) na capital. A ordem é da  juíza substituta da 13ª Vara Federal Gabriela Hardt,  que substitui Sérgio Moro, titular, que está fora do país. A juíza determinou a execução provisória da condenação de Dirceu a 30 anos e nove meses de prisão pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa, no âmbito da Operação Lava Jato.

José Dirceu mora no bairro do Sudoeste, de classe média alta em Brasília, e no ano passado foi alvo de vários protestos de moradores por sua presença no local. Na ocasião, o juiz Sérgio Moro determinou que o ex-ministro permanecesse em liberdade, com tornozeleira eletrônica, e que não poderia deixar o país. A determinação para Dirceu ficar em Brasília incluía ainda a proibição de deixar a cidade, não se comunicar, por qualquer meio ou por interpostas pessoas, com os coacusados ou testemunhas de três ações penais da Lava Jato e entregar em juízo de passaportes brasileiros e estrangeiros.

Decisão

A prisão do ex-ministro foi decidida após o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) rejeitar, no início da tarde dessa quinta-feira (17), o último recurso de Dirceu contra a condenação na segunda instância da Justiça. Ainda cabe recurso às instâncias superiores.

Além de negar o recurso, a Quarta Seção do TRF4 determinou a imediata comunicação à 13ª Vara Federal para que fosse determinada a prisão, com base no entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) que autoriza a execução da pena após o fim dos recursos na segunda instância.

Condenação

Dirceu foi condenado por Moro a 20 anos e 10 meses de prisão em maio de 2016. Em setembro do ano passado, o TRF4 aumentou a pena para 30 anos e nove meses. A pena foi agravada devido ao fato de o ex-ministro já ter sido condenado por corrupção na Ação Penal 470, o processo do mensalão.

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), Dirceu teve participação em um esquema montado pela Engevix, uma das empreiteiras que formaram cartel para fraudar licitações da Petrobras a partir de 2005.

De acordo com a acusação, a empresa pagou propina a agentes públicos para garantir contratos com a Unidade de Tratamento de Gás de Cacimbas e as refinarias Presidente Bernardes, Presidente Getúlio Vargas e Landulpho Alves.

O TRF4 negou os últimos embargos e autorizou a prisão também de Gerson Almada, ex-vice-presidente da Engevix, e do lobista Fernando Moura, antigo aliado de Dirceu.

Agencia Brasil

Um dia após o Senado aprovar a proposta de criação do Sistema Único de Segurança Pública (Susp), o presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (MDB-CE), declarou que a maior integração da segurança pública entre os entes federados ajudará o país a combater a violência "com mais inteligência e de forma preventiva".

“Era algo muito esperado pela sociedade brasileira. Depois de uma luta intensa, conseguimos aprovar esta importante matéria que, no meu entendimento, vai ser muito útil à segurança pública do Brasil, já que vai integrar as forças de segurança e de inteligência já existentes, sem custos adicionais”, disse o parlamentar após participar, em Fortaleza, do 60º Congresso Nacional de Hotéis (Conotel).

Além do Susp, a proposta aprovada na quarta-feira (16) prevê a criação da Política Nacional de Segurança Pública e Defesa Social. Validada pela Câmara dos Deputados em abril desse ano, a proposta de autoria do Poder Executivo segue agora para a sanção presidencial.

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, participa do 60º Congresso Nacional de Hotéis (Conotel), em Fortaleza
Eunício Oliveira participa do 60º Congresso Nacional de Hotéis em Fortaleza
(Alex Rodrigues/Agência Brasil)

Entre as principais linhas de ação do Susp estarão a unificação dos conteúdos dos cursos de formação e aperfeiçoamento de policiais, a integração dos órgãos e instituições de segurança pública, além do uso de métodos e processos científicos em investigações.

A proposta também estabelece princípios e diretrizes dos órgãos de segurança e prevê proteção aos direitos fundamentais e humanos; a promoção da cidadania e da dignidade do cidadão; a resolução pacífica de conflitos; o uso proporcional da força; a eficiência na prevenção e repressão das infrações penais; a eficiência nas ações de prevenção e redução de desastres e a participação comunitária.

“O que queremos é combater a violência preventivamente, com inteligência, e não só pela força, depois que alguém tiver cometido um crime”, acrescentou Eunício Oliveira.

Agencia Brasil

Um dia após o governo alterar o decreto que incluiu a Eletrobras no Programa Nacional de Desestatização (PND), o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES) publicou ontem (17), em seu site, o edital para a contratação dos serviços necessários à estruturação e definição do modelo de privatização da empresa.

Todo o processo se dará na forma de pregão eletrônico e deve ser feito pelo Portal de Compras do Governo Federal (www.comprasgovernamentais.gov.br). De acordo com o aviso, as empresas já podem entregar as suas propostas a partir desta quinta-feira. A abertura dos envelopes ocorrerá no dia 12 de junho, às 10h30.

Usina Hidrelétrica Belo Monte
Usina de Belo Monte é uma das 47 hidrelétricas da Eletrobras,
empresa que deve ser desestatizada.
(Osvaldo de Lima/Norte Energia)
 

Ontem (16), o governo publicou no Diário Oficial da União uma alteração no decreto. O texto modificou a redação sobre a etapa dos estudos técnicos necessários à venda da empresa.

Com o novo decreto, a assinatura de contrato com finalidade de realização desses estudos fica “condicionada” à aprovação, pelo Congresso Nacional, do Projeto de Lei 9.463/2018, que define os termos da desestatização da companhia e ainda está em discussão na Câmara.

O texto anterior dizia que a empresa ficaria qualificada para “início dos procedimentos necessários à contratação dos estudos pertinentes, tão logo seja aprovado pelo Congresso Nacional o Projeto de Lei 9.463, de 2018”.

Aprovação da privatização

Na prática, a alteração liberou o BNDES para iniciar o processo de estudos para a modelagem da privatização da Eletrobras. Entretanto, o decreto condiciona a assinatura do contrato (relativo a esses estudos) somente após aprovação do projeto de lei que trata da privatização.

De acordo com o edital, quem vencer a licitação deverá apresentar uma modelagem de como se dará a privatização da companhia. O governo já disse que o processo deve ocorrer por meio da pulverização da participação da União na empresa, com aumento de capital.

Para tanto, será necessário entregar ao governo estudos econômicos, financeiros e jurídicos indicando a melhor maneira de realizar a operação.

Depois de contratada, a empresa terá sete dias para apresentar ao BNDES um plano de trabalho, com o detalhamento da previsão de entregas intermediárias de ações a serem executadas pela Eletrobras e a previsão de entrega do relatório final dos estudos. O prazo de vigência contratual com o vencedor será de 24 meses.

Agencia Brasil

Termina hoje (18) às 23h59 (horário de Brasília) o prazo para os estudantes se inscreverem no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018. As inscrições são feitas pela internet, na página do participante.

Mesmo os candidatos que pediram a isenção da taxa do Enem devem fazer a inscrição para a prova. Para se inscrever, o participante deverá apresentar o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e do documento de identidade e criar uma senha. O candidato precisa também informar um endereço de e-mail válido e um número de telefone fixo ou celular, que será usado para enviar informações sobre o exame.

O pagamento da taxa de inscrição para quem não conseguiu a isenção, no valor de R$ 82, deve ser feito até 23 de maio nas agências bancárias, casas lotéricas e agências dos Correios.

 

Começam as inscrições para o Enem 2018
Inscrições para o Enem 2018 são feitas pela internet
Marcello Casal Jr./Arquivo Agência Brasil

Com o fim do prazo de inscrição, também fica encerrada a possibilidade de alterar dados cadastrais, o município onde o estudante quer fazer a prova e a opção de língua estrangeira. Os candidatos que precisarem de atendimento especializado têm que fazer o pedido no ato da inscrição.

Para o uso do nome social na prova do Enem, o pedido poderá ser feito entre os dias 28 de maio e 3 de junho.

As provas do Enem serão aplicadas em dois domingos, nos dias 4 e 11 de novembro. Os resultados serão divulgados em janeiro.

Agencia Brasil

O presidente da Executiva Regional do Solidariedade (SD), deputado federal Genecias Noronha, participou, nessa quarta-feira, em Brasília, de encontro com representantes do Governo do Estado e o presidente do  Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira, para discutir a liberação de recursos destinados à área agrícola e, também, avaliar o cenário político estadual.

Genecias, que vinha participando de reuniões do bloco de oposição, negocia a entrada do SD no grupo de apoio à reeleição do Governador Camilo Santana e do senador Eunício Oliveira. A agenda do encontro de Genecias Noronha, com a presença do deputado estadual Walter Cavalcante (MDB), do Secretário da Casa Civil do Governo do Estado, Nelson Martins, e do Secretário do Desenvolvimento Agrário e Presidente Regional do PT, Diassis Diniz, passou pela integração do SD à aliança com PT, PDT e MDB.

De acordo com a assessoria de comunicação do Presidente do Congresso Nacional, durante o encontro com Nelson Martins, Genecias Noronha e Diassis Diniz, Eunício ouviu apelos para liberação de recursos federais para a instalação de cisternas em municípios do interior do Ceará, além de intermediação junto aos ministérios para a contemplação de ações a serem desempenhadas pela Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA). 

O presidente do Senado reafirmou seu compromisso em reforçar mobilização para que os projetos de interesse da população cearense possam ser atendidos. “Até o fim de maio todos os 184 municípios cearenses terão uma obra, uma ação, fruto de nosso intenso trabalho em prol do desenvolvimento do Ceará”, disse o senador cearense.

ELEIÇÕES 2018

Insatisfeito com os rumos da oposição nas eleições de 2018 no Ceará, o deputado federal Genecias Noronhas não apoia o pré-candidato do PSDB ao Governo do Estado, general Theophilo Gaspar, porque não o conhece, nem o tem como a melhor solução. Genecias defendia o nome do senador Tasso Jereissati ou do Capitão Wagner para candidato à sucessão de Camilo Santana.

Sintonizado com o senador Eunício Oliveira, Genecias se aproximou, nos últimos dias, da base de apoio ao Governo do Estado e caminha para oficializar a entrada do SD no bloco partidário da situação. Genecias, que, em 2014, recebeu 221.000 votos, ao lado da esposa e deputada estadual Aderlânia Noronha, é candidato a um novo mandato à Câmara Federal. A oposição já conta como certa a saída do Solidariedade da aliança com PSDB, PSD e PROS.

BATE PAPO

O encontro de Eunício com Genecias e os representantes do Governo do Estado entrou como destaque, nesta quinta-feira, 17, no Bate Papo Político, do Jornal Alerta Geral, entre os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida. O Alerta Geral é gerado pela Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza, e retransmitido para outras 24 emissoras no Interior. Acompanha a análise sobre o desdobramentos do encontro de Eunício, Genecias e Nelson Martins.

Ceará Agora

Publicidades

Usuários online

Temos 1456 visitantes e Nenhum membro online

Nossos vídeos