Capital e região

Capital e região (1419)

Alguns tipos de carne podem faltar no comércio cearense a partir desta terça-feira (29), de acordo com o sindicarnes, sindicato de empresas do setor de carne. Produtos do setor sofrem desabastecimento devido à greve de caminhoneiros, que ocorre pelo oitavo dia em todo o Brasil. No Ceará, a paralisação afeta serviços nos supermercados, farmácias, trânsito, Ceasa e aeroportos.

Os caminhoneiros de todo o país reivindicam redução de impostos sobre o preço do diesel, como PIS/Cofins e ICMS, e o fim da cobrança de pedágios dos caminhões que trafegam vazios nas rodovias federais concedidas à iniciativa privada.

Em nota, o Sindicarnes relata que, por causa das barreiras, os caminhões estão impedidos de entregar as carnes nos açougues e distribuidores. “Se faz necessário providências urgentes por parte do nosso governador do Estado do Ceará, para que estes produtos cheguem aos seus devidos destinos e em segurança. Ou se for o caso, intervenção do Exército”, diz o Sindicarnes.

O presidente Michel Temer anunciou no domingo (27) a redução de R$ 0,46 no litro do diesel por 60 dias, o estabelecimento de uma tabela mínima dos fretes e a isenção da cobrança de pedágio para eixo suspenso de caminhões vazios, em rodovias federais, estaduais e municipais.

Da redução de R$ 0,46 por litro de diesel, R$ 0,30 virão da manutenção do desconto de 10% feito pela Petrobras. Os outros R$ 0,16, do corte da Cide e redução do PIS-Cofins. Segundo ministro da Fazenda, Eduardo Guardia a primeira medida vai custar R$ 9,5 bilhões aos cofres públicos. Desse total, R$ 5,7 bilhões virão de uma reserva orçamentária e, os outros R$ 3,8 bilhões, do corte de despesas. O governo ainda vai detalhar onde será feito este corte.

O ministro Carlos Marun (Secretaria de Governo) disse não haver previsão de quando a paralisação dos caminhoneiros irá acabar, porque não há uma liderança única do movimento. “São vários líderes. Ouvimos vários desses líderes e, do que ouvimos, elaboramos essa pauta que nós entendemos que atende aos pleitos dos caminheiros e fomos ao máximo do que o governo poderia ceder”, disse.

Com informação do G1

 
O ritmo de notificações de casos suspeitos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por influenza caiu 86% no último mês, período em que nenhum novo óbito pela doença foi registrado. Essa é a situação apontada pelo Boletim Epidemiológico da Influenza, divulgado pela Secretaria da Saúde do Ceará, referente à Semana Epidemiológica 21. O último óbito por influenza confirmado ocorreu durante a Semana Epidemiológica 18, entre 29 de abril e 5 de maio.
 
Da semana epidemiológica 17 (período de 22 a 28 de abril) para a semana epidemiológica 18 (29 de abril a 5 de maio), houve 30 notificações de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) por influenza. Da semana epidemiológica 20 (13 a 19 de maio) para a 21, foram quatro casos notificados. Nas semanas epidemiológicas 20 e 21 não houve confirmação de casos de SRAG por influenza no Ceará.
 
“Diante deste cenário, temos ciência da importância da vacina contra influenza e o impacto positivo da imunização, refletindo diretamente na redução do número de casos e óbitos por influenza”, assinala a coordenadora da Vigilância em Saúde da Sesa, Daniele Queiroz. Com efeito, desde a Semana Epidemiológica 16, quando foi iniciada a campanha de vacinação no Estado, a notificação de casos suspeitos, o número de casos suspeitos e de óbitos diminuem consideravelmente. Este ano, 337 casos de SRAG por influenza e 53 óbitos foram confirmados no Ceará.
 
A Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza foi iniciada no Estado em 20 de abril. Até o fim da manhã de sexta-feira, 25 de maio, a cobertura vacinal no Ceará estava em 81,06% da população-alvo da campanha, com 1.890.842 doses aplicadas e 57 municípios com a meta de 90% de cobertura cumprida. Dos grupos populacionais prioritários para a campanha de vacinação, trabalhadores da saúde, puérperas e professores também alcançaram a meta de cobertura.
 
Por grupos prioritários, a cobertura vacinal está em 71,53% das crianças, 103,74% dos trabalhadores da saúde, 73,28% das gestantes, 94,12% das puérperas, 79,65% dos indígenas, 82,17% dos idosos e 104,99% dos professores. Além desses grupos, a população privada de liberdade recebeu aplicação de 4.605 doses, funcionários do sistema prisional 7.101 doses e pessoas com comorbidades 323.761 doses. A campanha prossegue até o dia 1° de junho.
 
Com informações da Sesa
 

Comissão de Seguridade Social e Saúde da Assembleia Legislativa promove, nesta terça-feira (29), a partir das 14h, audiência pública em alusão ao Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher, comemorado em 28 de maio.

De iniciativa da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Mulher, presidida pela deputada Fernanda Pessoa (PSDB), o evento ocorre no Complexo de Comissões Técnicas da Casa.

Objetivo
O objetivo é debater temas, como a necessidade de um registro compulsório de câncer e regulamentação do prazo máximo de 30 dias para diagnóstico da doença na rede pública, além do acesso de pacientes com câncer de mama metastático a tratamentos adequados, especialmente os recém-incorporados à rede pública de saúde.

Convidados
Entre os convidados para o debate estão o médico oncologista Markus Gifoni; representante da Rede Cearense de Combate ao Câncer de Mama, Cláudia Belém Moura Cabral; da Sociedade Brasileira de Registro do Câncer, doutora Miren Uribe; o secretário de Saúde Estadual, Henrique Javi; o defensor Público Federal Daniel Teles, bem como o paciente com câncer de mama metastático Adriany da Silva Nóbrega Ferreira.

Com informações da AL

O PR está sendo procurado por todos os pré-candidatos a presidência da República para compor a chapa como vice. O partido tem sido, portanto, a cereja do bolo da eleição presidencial, por ser coeso, tem bandeira do liberalismo”, afirma a presidente estadual da sigla e deputada federal Gorete Pereira.

A declaração foi feita durante evento que reuniu 600 mulheres de 30 municípios cearenses, além de prefeitos, vereadores e primeiras-damas.

O Encontro do PR Mulher aconteceu durante todo este sábado, 26 de maio, no Marina Park Hotel.

Ciro
Gorete Pereira defende, entretanto, que o partido aceite o convite de Ciro Gomes (PDT) e indique Josué Gomes, filho de José de Alencar como vice. No Ceará, ela declara voto ao presidenciável pedetista. “No Ceará, voto no ex-governador Ciro por ser o mais competente e comprometido com o País e o Nordeste”.

E ainda
O evento conta com a presença da assessora Jurídica e Legislativa da Procuradoria da Mulher da Câmara dos Deputados, Valéria Billafan, e do superintendente do Dnit, Francisco Caminha.

Política com K

Na semana em que é celebrado o Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher, o Ceará debaterá em audiência pública temas urgentes como a necessidade de um registro compulsório de câncer e regulamentação do prazo máximo de 30 dias para diagnóstico da doença na rede pública.

Também será discutido o acesso de pacientes com câncer de mama metastático a tratamentos adequados, especialmente os recém-incorporados à rede pública de saúde.

A audiência pública, requerida pela deputada estadual Fernanda Pessoa (PSDB), acontecerá na terça-feira, dia 29, a partir das 14h, na Assembleia Legislativa do Estado do Ceará.

Série
O encontro faz parte de uma série que acontecerá em 9 estados brasileiros com o objetivo de discutir a implementação de políticas públicas em prol do combate ao câncer de mama e tem apoio do grupo multissetorial Go All, da União Internacional de Controle do Câncer (UICC) e do Centro Regional Integrado de Oncologia (CRIO), e das organizações associadas a Femama – Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama. Aui no Ceará a Rede Mama.

Números
Dados de 2018 do Observatório de Oncologia e do Conselho Federal de Medicina apontam o câncer como a principal causa de morte em 10% dos municípios brasileiros. Neste sentido, o registro de casos de câncer para gerar dados confiáveis que embasem estratégias de enfrentamento da doença é peça chave para melhorar o planejamento da atenção e cuidado do câncer.

Indicação
É de Fernanda Pessoa o Projeto de indicação N.º 36/18 que sugere a notificação compulsória de casos de câncer pelos servidos de saúde da rede estadual do Ceará. “Nossa intenção é que as neoplasias malignas sejam notificadas para que haja planejamento de ações destinadas ao controle, à prevenção e ao tratamento da doença” explica a parlamentar. De acordo com o projeto, ficará a cargo dos serviços de saúde encaminhar a notificação dos casos confirmados de neoplasias malignas à Secretaria da Saúde do Estado do Ceará.

E ainda
Dia 28 de Maio foi instituído pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para conscientizar e apoiar países que tem grande parcela da população de mulheres. De acordo com a OMS, até 2030, mais de um bilhão de mulheres estarão no período de vida dos 40 aos 65 anos.

Serviço: Audiência Pública – Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher
Data: Dia 29 de maio
Hora: às 14h
Local: Assembleia Legislativa do Ceará, av. desembargador Moreira, 2807, Dionísio Torres, Fortaleza

Política com K

Em seu segundo dia de agenda no Cariri – região sul do Ceará, o pré-candidato ao Palácio da Abolição, General Theophilo (PSDB), reforçou neste domingo (27) suas críticas ao Governo do Estado diante da greve dos caminhoneiros. O tucano lamentou a alta carga tributária que incide sobre os combustíveis no Estado.

“Isso é fruto de um governo sem autoridade, sem planejamento, sem gestão. Aqui no Ceará, temos um dos maiores ICMS sobre os combustíveis do País, arrecadando por ano em torno de R$ 2,5 bilhões de impostos, e isso não está retornando em serviços aos cearenses”.

O pré-candidato reafirmou que sua proposta “como o senador Tasso fez em 1986, é um governo de mudança, de renovação, governo para acabar com as oligarquias, em que não se admita famílias dominando o nosso Estado”.

Ao lado do senador Tasso Jereissati, Guilherme Theophilo participou na noite desse sábado (26) de um encontro com lideranças políticas da região. Na manhã deste domingo, de missa na Igreja Matriz de Barbalha que marcou o início da Festa de Santo Antonio. Em seguida, os tucanos acompanharam o cortejo do Pau da Bandeira pelo corredor cultural do município.

Ao final do percurso, ambos visitaram o Hospital Maternidade São Vicente de Paulo e no encerramento da programação foram à Igreja do Socorro, em Juazeiro do Norte, onde colocaram flores no túmulo de Padre Cícero.

Ao destacar a força das manifestações religiosas e culturais do Cariri, Tasso Jereissati refirmou a importância da pré-candidatura do General Theophilo ao Governo, por considerar que ele “tem um currículo invejável e se dispôs a prestar um serviço ao povo do Estado do Ceará”.

“Um homem que vem de fora da política, para fazer uma política digna, de verdade, de caráter e de compromisso”, completou Tasso.

Blog do Eliomar

O presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (MDB), cancelou, nesta quinta-feira, a agenda que tinha a cumprir, ao lado do Governador Camilo Santana, e de prefeitos de cidades da Grande Fortaleza e do Interior do Estado e decidiu voltar a Brasília para participar das articulações voltadas a colocar fim ao impasse nas rodovias com a paralisação dos caminhoneiros. Na agenda do Senado, a votação do projeto que acaba, até o mês de dezembro de 2018, com a cobrança do PIS-Cofins sobre o preço do diesel.

A interdição de trechos das rodovias federais começou na última segunda-feira com o protesto dos caminhoneiros contra o elevado custo do diesel. A paralisação atingiu o abastecimento de alimentos e de combustíveis para aviação e o transporte de passageiros em capitais. Como resposta à cobrança dos caminhoneiros, a Petrobras anunciou a redução de 10%, por 15 dias, no preço do litro do diesel.

A paralisação dos caminhoneiros, segundo o presidente do Senado, Eunício Oliveira, exige um esforço conjunto dos dirigentes do Congresso Nacional, do Governo Federal, da Petrobras e de movimentos sindicais para a volta da normalidade nas estradas brasileiras. Diante dessa situação, conforme Eunício, a sua agenda no Ceará com o Governador Camilo Santana teve que ser cancelada. Eunício estava no Ceará e retornou a Brasília.

Ceará Agora

O velório de Hannah Evelyn, criança de 4 anos que morreu afogada em uma fossa, aconteceu na manhã desta quinta-feira (24), no parque Santa Maria.

Familiares e mães de alunos do CEI Professora Lais de Sousa Vieira Nobre estiveram no local para prestar condolências à família e denunciaram os problemas estruturais da unidade. As informações são do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

Minha filha falou que já tinha um pequeno buraco no pátio. A diretora já havia enviado vários ofícios à prefeitura. Foi uma tragédia anunciada”, afirmou Leiliane Gonçalves, mãe de Letícia de Sousa, que também caiu na fossa.

Durante o cortejo fúnebre, o carro da funerária parou em frente a escola onde outras mães estavam com cartazes com mensagens de luto e pedidos de justiça para o caso. A dona de casa Solange de Sousa, que também tem filho matriculado na CEI, comentou que todos eventos da escola eram feitos no pátio onde as crianças caíram.

Tribuna do Ceará

O ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, anunciou na tarde desta quinta-feira, 24, em solenidade no Palácio da Abolição, em Fortaleza, que o Ceará vai receber da Pasta R$ 68,5 milhões, por meio do Programas Cisternas no Ceará, para a construção de 10.869 unidades em 121 municípios. Do total, R$ 30 milhões já estão autorizados, após assinatura de liberação do recurso pelo ministro e pelo governador Camilo Santana.

Os R$ 30 milhões serão empregados em 7.761 cisternas para consumo humano (1ª água) em 77 municípios, sendo 411 em escolas do Estado. Segundo o ministro, outros R$ 24,3 milhões, oriundos do Governo Federal por meio do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), já estão encaminhados por meio de edital publicado, também nesta quinta. O montante será utilizado na construção de 2.108 cisternas de produção (2ª água) em 57 localidades.

Já os R$ 14,1 milhões restantes, ainda segundo o ministro, são provenientes de uma parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), para beneficiar mil famílias com cisternas de 2ª água, em dez municípios. “São, ao todo, R$ 68,5 milhões para ampliar o acesso a água para os cearenses do campo, levando dignidade, qualidade de vida, melhoria da capacidade de produção e alimentando o círculo virtuoso do desenvolvimento social”, destaca Alberto Beltrame.

Ceará Agora

Os 184 municípios do Ceará vão receber mais de R$ 200 milhões em emendas parlamentares para investimentos em áreas como Saúde e Educação. A informações foi confirmada pelo deputado federal Domingos Neto (PSD-CE), em entrevista a uma emissora de rádio d capital, Fortaleza.

Os recursos das chamadas emendas impositivas, ou seja, recursos que devem obrigatoriamente ser liberados pelo Governo Federal independente se o parlamentar for da base aliada ou do bloco de oposição, destinam-se, principalmente, as áreas da Saúde e Educação. Cada deputado e senador – o Ceará possui 25 parlamentares no Congresso Nacional – deve receber em torno de R$ 12 milhões. Segundo Domingos Neto, as emendas chegam para amenizar a queda de arrecadação e a situação fiscal de alguns municípios cearenses.

Para os jornalistas Beto Almeida e Luzenor de Oliveira, a verba vem em boa hora, no momento em que prefeitos de todo o País se encontram em Brasília, na 21ª Marcha dos Prefeitos, evento que pressiona o Governo Federal para olhar para as demandas das cidades do Brasil. A marcha, inclusive, deve contar até esta quinta-feira, 24, última dia do evento, com a presença de 8 pré-candidatos à Presidência da República e com, pelo menos, 60 gestores das prefeituras cearenses.

Ceará Agora

Publicidades

Usuários online

Temos 1504 visitantes e Nenhum membro online

Nossos vídeos