Capital e região

Capital e região (1419)

‘’A volta de antigos companheiros, de lideranças políticas respeitadas em suas áreas de atuação e os encontros regionais no Interior contribuem para fortalecer o partido e nos deixam cada vez mais entusiasmados para as eleições de 2016’’. A declaração é do presidente da Executiva Regional do PSDB, Luiz Pontes, que, nesta quinta-feira, ao lado do senador Tasso Jereissati, comanda encontro, em Quixadá, para receber adesão de lideranças políticas de municípios do Sertão Central.

Uma das adesões ao ninho tucano é do médio José Nilson que volta ao PSDB e, em 2016, deverá ser lançado candidato a prefeito no colégio eleitoral que, durante 16 anos, esteve sob o comando do Partido dos Trabalhadores. Quixadá, segundo Luiz Pontes, é um dos municípios que terão candidatos a prefeito lançados pelo PSDB nas eleições do próximo ano. ‘’Posso assegurar que teremos candidatos em mais de 80 municípios’’, disse o ex-senador.

O cenário nacional, com o desgaste do ciclo de Governos do PT, as denúncias de corrupção na Petrobras e o desastre econômico do Governo Dilma, segundo Luiz Pontes, deixaram os brasileiros frustrados e desencantados. ‘’Ao longo dos últimos 20 anos, o PT criticou o PSDB, fez a oposição com ódio, chegou ao poder e, em três mandatos, conseguiu destruir a estabilidade econômica criada pelo presidente Fernando Henrique Cardoso. Os brasileiros estão dando um grito contra esse desastre do PT’’, expôs Luiz Pontes, ao dizer, ainda, que o PSDB tem proposta e projetos para um Brasil diferente do País administrado pelo PT.

O presidente regional do PSDB afirma que a insatisfação com os rumos políticos e econômicos do País está no semblante das pessoas e nas pesquisas de opinião pública. ‘’A pesquisa do Ibope, que mostra o Governo Dilma com uma rejeição de 69% dos brasileiros, é uma demonstração clara desse descontentamento da população. Tudo isso soma para o PSDB atrair novos e antigos militantes’’, disse Luiz Pontes, ao destacar que o PSDB vem recebendo lideranças de peso político e eleitoral em cidades das Regiões do Cariri, Norte, Jaguaribe e Centro Sul do Ceará.

O PDT ainda não confirmou a data, oficialmente, mas os aliados do ex-governador Cid Gomes já marcaram na agenda, para a próxima semana, o evento de filiação dos demais parlamentares do grupo liderado pelos Ferreira Gomes.

O deputado Leônidas Cristino e o secretário estadual Antônio Balhmann (Assuntos Internacionais) confirmaram filiação ao partido trabalhista na próxima sexta-feira, dia 9 de outubro, prevendo que outros parlamentares devam assinar a ficha de filiação na mesma ocasião. Resta, ainda, filiar-se ao PDT: deputados federais, estaduais e vereadores, além do ex-governador Cid Gomes.

Roberto Claudio
Na última segunda-feira (28), o prefeito Roberto Cláudio e outros 63 gestores municipais do interior do Estado, além de lideranças que pretendem se candidatar ao executivo na eleição do próximo ano, se filiaram ao PDT. Nos bastidores, a estratégia do grupo é realizar um “grande evento” em cada ato de filiação. A primeira liderança cearense a assinar a ficha de filiação foi o ex-ministro Ciro Gomes, no dia 16 de setembro, abrindo espaço para os demais aliados.

Eu acredito que todo aquele bloco que saiu do PSB para se filiar ao Pros, agora, devendo ser no próximo dia 9 de outubro, vai migrar para o PDT, que, forte como vai ficar, vai trazer insatisfeitos de outros partidos”, salientou, confirmando sua filiação ao PDT.

Crescimento
O deputado prevê ainda que o PDT, que agora tem a liderança do ex-ministro Ciro Gomes, vai atrair parlamentares de outros estados. O mesmo, segundo ele, vai acontecer com vereadores e prefeitos de outras cidades brasileiras.

Sobre a filiação de Roberto Claudio, Leônidas avaliou que a ida do prefeito para o PDT fortaleceu sua candidatura à reeleição do ano que vem, uma vez que, segundo ele, o partido possui “ideologia” e “capilaridade” para disputa eleitoral. “O Roberto tem a seu favor ainda a boa administração que está realizando em Fortaleza, com obras espalhadas por toda a cidade, melhorando grandemente o trânsito e outras áreas importantes, como saúde pública e educação”, disse.

Grupo
Antônio Balhmann também confirmou sua filiação na próxima semana, justificando que acompanha o movimento político dos ex-governadores Ciro e Cid Gomes. Falando sobre a disputa eleitoral do ano que vem, o deputado licenciado reconheceu que a situação de Roberto Cláudio melhorou com sua ida para o PDT, principalmente para enfrentar a concorrência.

Filiado ao PDT, à candidatura de reeleição do prefeito Roberto Cláudio fica mais viável e muito competitiva, porque a sua gestão é a melhor dos últimos cinquenta anos em matéria de crescimento da cidade e de ajuda à população fortalezense, principalmente a ala mais pobre”, disse, acrescentando que “vários itens” se destacam na administração municipal, dentre eles a mobilidade urbana da cidade.

Comemoração
Enquanto se prepara para receber a outra parte do grupo, o presidente regional do PDT, deputado André Figueiredo, ainda comemora a chegada do prefeito Roberto Cláudio, além do crescimento do partido no Estado do Ceará.

A filiação do prefeito Roberto Cláudio ao PDT consolida mais ainda a posição do partido no Ceará para disputar as eleições do próximo ano com mais vigor e determinação”, disse o pedetista, lembrando que a legenda já é, no atual momento, o partido com o maior número de prefeitos no Estado do Ceará. Figueiredo fez questão de ressaltar ainda a filiação do ex-ministro Ciro Gomes, que, segundo ele, nacionalmente, fortalece a sigla, principalmente para disputar a Presidência da República.

Ainda sobre a gestão de Roberto Cláudio, o parlamentar destacou as obras de mobilidade urbana, que, segundo ele, tem mudado a “cara de Fortaleza”. “A cidade vivia em eterno engarrafamento e, agora, já respira um pouco aliviada com um trânsito fluindo bem melhor”, disse, acrescentando que "Roberto Cláudio tem tudo para obter o reconhecimento da população e conseguir o segundo mandato”.

Com informações do OE

Durante a sessão da última sexta-feira, dia 25 de setembro, na Câmara Municipal de Santa Quitéria, a vereadora da oposição Joana Figueiredo, do PSDB, em sua tribuna, solicitou a abertura de duas CPIs (Comissão Parlamentar de Inquérito), para investigar funcionários fantasmas na Prefeitura Municipal e a falsificação de assinaturas em documentos, como o caso da ex-secretária de saúde do município, Ângela Belchior.
 
Para a aprovação da abertura, seriam necessários 1/3 dos votos, o que equivaleria a 05 vereadores. No final, cinco vereadores votaram a favor da abertura da CPI. Foram eles: vereadora Joana, vereadora Sônia Paiva, vereador Zé Francisco, vereador Guedes Júnior e vereador Miúdo. Com a votação de cinco vereadores à favor da abertura da CPI, o que corresponde a mais de 1/3, ficou assim, aprovada a abertura da CPI.
 
A vereadora Joana Figueiredo disse ainda que acredita na força da Câmara Municipal, destacando ações recentes em que culminou no afastamento de uma vereadora: "Esta Casa deve assumir o seu papel de fiscalizar. Não podemos nos calar diante dessas suspeitas como a denúncia da ex-secretária de saúde do município, Ângela Belchior, apontada em questões de falsificação de assinaturas. Tem ainda denúncias de nepotismos e outras irregularidades. Temos, como vereadores, a obrigação de averiguar isso e qualquer outra irregularidade em nossa querida Santa Quitéria", explicou a vereadora Joana Figueiredo.
 
A vereadora lembrou ainda de outros processos que tramitaram na Casa, e que foram apresentadas por ela. Temas como transportes escolares, licitações irregulares, medicamentos, e que segundo a parlamentar, tramitam no Ministério Público.
 

No ato de filiação ao PDT, promovido na noite desta segunda-feira (28), o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, e mais 63 prefeitos cearenses assinaram suas fichas de inscrição sob o olhar de lideranças como o ex-governador Cid Gomes, do ex-ministro Ciro Gomes, e do presidente nacional da legenda, Carlos Lupi.

No discurso, as lideranças foram unânimes: O projeto de construção da legenda em nível nacional, que pretende lançar Ciro Gomes como candidato à Presidência da República, inicia no Ceará, a partir da união de forças políticas do Estado.

Eleição 2016
No evento que reuniu centenas de líderes, prefeitos e vereadores, Roberto Cláudio evitou falar das estratégias futuras como candidato a reeleição pelo partido, contudo, o ex-governador do Ceará, Cid Gomes foi claro em dizer que na conjuntura estadual, o partido já se mobiliza e quer protagonizar a disputa em 150 municípios e fazer alianças nos demais.

De acordo com o prefeito Roberto Cláudio, quando se iniciou a discussão sobre a afiliação no PDT, nenhuma “circunstância local”, nenhum “casuísmo” e nenhum “interesse municipal” apesar da importância, não sobrepôs ao movimento que tem objetivo e repercussão nacional, que é o de levar Ciro a presidência da República.

“As candidaturas a presidente são eventuais, mas, inegavelmente, há um protagonismo nacional de duas lideranças desse grupo agora o PDT, que é Ciro e Cid Gomes”, disse Roberto Claudio, salientando que, “as candidaturas municipais, as chapas para vereador, tudo isso está em curso, mas no momento devido, aprazado, iniciará o debate municipal”.

O PDT tem grandes lideranças nacionais e estaduais, então, a união e coerência e a possibilidade de a partir desse movimento criar condições para se discutir e construir um projeto nacional, foram questões relevantes que estimularam, hoje, 63 prefeitos para a base aliada e migrarmos em bloco para fortalecermos e somarmos a um grande e digno partido no Estado Ceará”, ressaltou o prefeito de Fortaleza.

Estratégia 
De acordo com Cid Gomes, a estratégia daqui para frente é fortalecer a legenda ainda mais nos municípios. “Neste ato de filiação são 75 prefeitos, certamente, vamos ter 150 candidaturas nos 184 candidaturas”, disse Cid, dando conta de que nos demais municípios, o PDT fará “alianças” e“cultivará” relações com os partidos como o PT, PSD, PP, PTB, PH, PCdoB. “São vários partidos que temos uma boa relação no Estado e juntos, apoiando ou sendo apoiado vamos buscar disputar o maior número de candidaturas no Ceará. Essa é a nossa tônica e preocupação maior”, disse o ex-governado e líder do grupo, Cid Ferreira Gomes.

2018
O ex-governador do Estado afirmou ainda que a reeleição de Roberto Cláudio e de vários prefeitos no interior é um passo importante para o grande projeto do PDT de, em 2018, ter uma candidatura própria. “Nós enxergamos no Ciro todas as condições, talento e conhecimento de Brasil para apresentar uma candidatura que possa ser obviamente dar nova esperança para o Brasil”, pontuou Cid Gomes.

O presidente nacional da legenda, Carlos Lupi, manteve o discurso e salientou que vê com muita responsabilidade a filiação do grupo de Cid na legenda e afirmou que a entrada dos novos filiados vai de encontro com a história do PDT. “A partir do Ceará, nós vamos construir esse projeto para a nação. Eu me sinto muito honrado de o partido que já apoiou a candidatura de Ciro em 2002, ao lado de Brizola, e termos esse reencontro”, comemorou Carlos Lupi.

Ciro Gomes
Já Ciro, que se filou ao partido no último dia 16, afirmou à imprensa que sente “reenergizado” com o “acolhimento no PDT” e salientou que o cenário nacional exige que cada um de dê a sua contribuição. “O povo brasileiro está com medo do futuro, e nós precisamos proteger o nosso povo”, pontuou Ciro Gomes.

Com informações do OE

Luizianne Lins

Em decisão unânime, a Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará deu provimento ao Recurso Eleitoral nº 1512-73, impetrado pela ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne de Oliveira Lins, declarando-a inocente de abuso de poder político.

Acusação
A ex-prefeita havia sido condenada pelo juiz da 114ª Zona Eleitoral, Josias Menescal Lima de Oliveira, que acatou denúncia do Ministério Público, em ação de investigação judicial eleitoral.

Durante a campanha das eleições de 2012, a prefeita teria autorizado a demissão de trabalhadores terceirizados da prefeitura de Fortaleza, que, supostamente, se recusaram a fazer campanha eleitoral para o então candidato Elmano de Freitas, apoiado pela prefeita.

Sem provas
Em seu voto, a relatora do processo, juíza Joriza Magalhães Pinheiro, destacou: “…não existindo provas firmes e irretorquíveis da ocorrência de abuso de poder político, muito menos que a recorrente tenha praticado ou ordenado, direta ou indiretamente, ou mesmo anuído com demissões de terceirizados, é forçoso concluir que a sentença deve ser reformada, de modo que a pretensão autoral seja julgada improcedente, afastando-se a sanção de inelegibilidade imposta pelo juízo a quo”.

Com informações do TRE

Roberto Cláudio, prefeito de Fortaleza, deverá assinar sua filiação ao PDT nesta segunda-feira, dia 28, juntamente com outros prefeitos que irão deixar o Pros para seguir o grupo cidista. O evento está previsto para acontece  às 19 horas no hotel Praia Centro, localizado na avenida Monsenhor Tabosa, 740, em Fortaleza.

Com divergências em alguns municípios cearenses e de olho na janela partidária, o grupo decidiu “fatiar” as filiações e ao invés de migrar para o PDT em um único bloco, como estava programado inicialmente. O primeiro a ingressar na legenda foi o ex-ministro Ciro Gomes, em solenidade realizada em Brasília no último dia 16 de setembro.


Quanto à filiação do ex-governador e um dos fortes líderes do grupo, a expectativa é de que Cid Gomes mude para o PDT em solenidade que irá marcar também a filiação dos deputados estaduais e federais que, atualmente, estão no Pros.Ainda não foi divulgada a data para este ato.

Em relação à Roberto Cláudio, uma nota divulgada pelo PDT, uma nota divulgada pelo partido, “o ato de filiação do prefeito de Fortaleza, concretiza mais um passo na união de forças de dimensão nacional que se juntam por um Ceará cada vez mais forte e em defesa do Brasil, tendo como base os históricos pilares ideológicos e programáticos” como o fortalecimento de uma alternativa de Esquerda para o Brasil.

A nota ainda ressalta: “A defesa da verdadeira social-democracia: um Estado forte e com convivência harmônica com a iniciativa privada; Gestão pública orientada por resultados e pela meritocracia; Luta em defesa dos trabalhadores brasileiros; Educação pública como pilar estratégico de transformação social”.

Se o maior problema da água dos solos semiáridos brasileiros é a salobridade da água, uma empresa descobriu a solução a baixo custo. Desde março de 2010, a empresa Policlay incubada na Fundação Núcleo de Tecnologia Industrial do Ceará- Nutec, instituição vinculada à Secretaria da Ciência Tecnologia e Educação Superior do Ceará – Secitece, concluiu as pesquisas de desenvolvimento do produto, transferiu da bancada para produção e, finalmente, começou a comercializar o Douce Aqua, um mineral que tem a capacidade de sequestrar o cálcio e o magnésio da água salobra.

A maior parte das águas subterrâneas do mundo são salobras (0,5 e 30 gramas de sal por litro) não salgadas (acima de 35 gramas por litro). A salobridade causa escassez de água potável para consumo humano e para a irrigação de lavouras de subsistências. No Brasil, o equipamento hoje disponível é importado e caro: o dessalinizador. Porém, apenas quatro gramas do produto recém descoberto, colocados na parte superior de um filtro de barro – comum na cozinha do homem do campo – retira a salobridade de 20 litros de água. Em termos financeiros, o produto está disponível no mercado por R$4,50, embalagem contendo 200 gramas, mas o produto, uma vez comercializado em escala, o valor de mercado tende a cair.

O produto pode ser comercializado para associações de agricultores, fazendas, governos, além de indústrias de detergentes e produtos de limpeza porque aumenta a formação de espuma que é inibida em águas salobras.

Saiba mais

A Policlay foi criada por um doutor da Universidade Federal do Ceará, professor Lindomar e possui um equipamento capaz de tratar grandes volumes de água, fazendo uso do produto.

O equipamento foi testado em várias comunidades como em um poço perto de uma escola em uma comunidade de Caucaia com 3.000 mil habitantes e que atualmente esperam o carro pipa para consumir água.

Thiago Lemos da Silva, de 22 anos, e Regina Rocha Lopes, de 19 anos, suspeitos de terem participado da morte do radialista cearense Gleydson Carvalho,no Município de Camocim, foram presos na manhã de sexta-feira, 25, em Senador Canedo, na Região Metropolitana de Goiânia. 
 
Os dois estavam foragidos da Justiça, acusados de participação no crime contra o radialista. Segundo informações da polícia civil de Goiânia, os dois estavam escondidos em uma pequena casa alugada no município.
 
Ao ser preso, segundo a polícia,Thiago confessou que participou do homicídio, mas não revelou se foi o autor dos disparos: “Ele disse apenas que o radialista morreu porque falava demais e que recebeu a quantia de R$ 2 mil para cometer o crime”, afirmou a delegada Ana Paula, da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, responsável pela prisão dos suspeitos.

Suspeito de matar o radialista cearense Gleydson Carvalho, Thiago Lemos da Silva, 22 anos, confirmou participação no crime, mas negou que tenha sido o autor dos disparos que matou a vítima, ao contrário do que aponta a Polícia Civil do Ceará. Ele foi preso nesta sexta-feira (25) com a mulher, Regina Rocha Lopes, de 19, em Senador Canedo, Região Metropolitana de Goiânia, em uma casa alugada.

Eu falei para os policiais que não matei, foi outra pessoa. Eu só segurei a mulher que fica na portaria da rádio”, disse Thiago ao ser apresentado pelos agentes na 2ª Delegacia Regional de Polícia, em Aparecida de Goiânia. Segundo a Polícia Civil de Goiás, no momento em que foi preso, o jovem confessou que recebeu R$ 2 mil para participar do crime.

Gleydson Carvalho tinha um programa de rádio na cidade de Camocim, interior do Ceará. Ele era conhecido por fazer comentários críticos sobre políticos da região e foi morto com três tiros enquanto trabalhava, no dia 6 de agosto deste ano. A polícia ainda não sabe quem foi o mandante do crime.

O suspeito disse que, após o crime, queria se entregar à polícia, mas foi ameaçado pelo comparsa que teria atirado no radialista, apontado como Israel Marques de Sousa, de 21 anos, e decidiu fugir. “Vim para Goiás para trabalhar. Não queria mais fazer isso [crimes]”, disse o jovem.

Thiago ainda disse que sua esposa, Regina Rocha Lopes, de 19, presa junto com ele, não tem nenhuma ligação com o crime. “A Regina não participou de nada. Ela estava na casa da tia quando o crime aconteceu”, afirmou.

Segundo a delegada, os policiais conseguiram localizar e prender a dupla após receber informações do serviço de inteligência da polícia. "Eles estavam na cidade há pouco tempo e a gente acredita que não iam ficar um longo período. A casa tinha poucos móveis e eles dormiam no chão. Acreditamos que eles iriam, em seguida, para o Pará”, explicou a delegada.

Ainda conforme a investigadora, o casal não tinha nenhum parente ou amigo na cidade que pudesse ajudá-lo na fuga. A Polícia Civil do Ceará também já foi comunicada da prisão.

O governador Camilo Santana, esteve no Município de Reriutaba, há 280 km de Fortaleza, na noite de quinta-feira, dia 24 de setembro. Na pauta, realizar inaugurações da Unidade Básica de Saúde, além de um sistema de abastecimento d’água e módulos sanitários. Segundo o governador, com essas inaugurações, o governo pretende garantir o acesso à água e à saúde para a população dessa região: "É questão de olhar social, de dar uma vida mais digna e de qualidade para o cidadão", afirmou Camilo Santana. 

As obras marcam os 92 anos de emancipação do município de Reriutaba. Os valores investidos somam mais de R$ 2,2 milhões, beneficiando à população do município e comunidades circunvizinhas.

Considerado uma unidade de porte médio, porte 2, a USBUnidade Básica de Saúde Raimundo Capistrano Castro, localizada no Centro de Reriutaba, é uma obra em parceria do Governo do Estado, Governo Federal e Prefeitura Municipal, com a construção e aquisição de equipamentos. O valor total da obra é de R$ 737,5 mil. Ao todo, em Reriutaba, já são oito unidades básicas: seis já estão em funcionamento, além da Unidade Básica de Saúde entregue e uma última que está em fase de conclusão.

Até a entrega da oitava Unidade Básica, a Unidade Básica de Saúde Raimundo Capistrano Castro estará atuando com duas equipes de “Saúde da Família” que funcionará das 7 às 17 horas. As equipes juntas darão assistência a cerca de duas mil famílias, o equivalente a uma população de aproximadamente 8 mil pessoas. A Unidade de Assistência estará disponível para toda  a população, de mais de 19 mil habitantes.

Logo após, foi entregue mais um sistema de abastecimento d’água e módulos sanitários, dando continuidade ao Plano Estadual de Convivência com a Seca anunciado no início do ano pelo Governo do Estado. “Essa é uma obra há anos esperada por todas as comunidades do sertão de Reriutaba. São famílias que ganham mais expectativa de vida e oportunidades para plantar e colher” destacou o prefeito de Reriutaba, Galeno Taumaturgo.

O sistema está inserido no do Projeto São José III e vai beneficiar 292 famílias nas comunidades de Cabaceira, Passagem Larga e Saça. O trabalho é coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Agrário, SDA, e conta com o financiamento do Banco Mundial no total de R$1.470.011,54 em convênio com o Governo do Estado do Ceará. “O investimento para a convivência com seca é sempre constante pelo nosso Governo. Essa é uma das nossas prioridades. Por isso, adianto que estamos adquirindo mais 19 perfuratrizes, além das 10 que já temos, para que possamos aumentar ainda mais o número de locais para o abastecimento de água nas comunidades”, disse o governador Camilo Santana.

De 2003 a 2015, o Ceará é o segundo estado da região Nordeste que mais recebeu investimento em tecnologias de captação de água na região do semiárido, sendo 278.384 unidades, ficando apenas atrás do estado da Bahia com 333.947 unidades.

Estiveram presentes nas inaugurações, o secretário Dedé Teixeira (Desenvolvimento Agrário), o presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque, deputado federal Odorico Monteiro, os deputados estaduais Professor Teodoro Soares, Tin Gomes, Elmano de Freitas, além dos prefeitos, secretários e vereadores da região.

A crise financeira que vem afetando os cofres do Governo Federal chegou, também, aos municípios  do Estado do Ceará. Segundo informações da Coelce, na última terça-feira, dia 22 de setembro, por falta de pagamento, a Coelce suspendeu o fornecimento de energia para prédios e órgãos das Prefeituras de Santana do Cariri, Aiuaba, Missão Velha e Chaval.

Isso foi divulgado em nota oficial da Coelce. Na nota, a empresa só tomou esta decisão de interromper o abastecimento de energia após tentar negociar o débito com essas prefeituras.

 

Publicidades

Usuários online

Temos 1504 visitantes e Nenhum membro online